Limpeza da cidade para o Carnaval custou R$ 434 mil

Foram retiradas 16 toneladas apenas do trajeto do bloco “A Banda”
Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A limpeza das vias de Macapá para o Carnaval custou R$ 434 mil para a prefeitura. São mais de 150 pessoas envolvidas nos serviços, que continuam até segunda-feira (19).

A limpeza ocorreu antes, durante e depois dos eventos de blocos pela cidade. A concentração dos serviços foi nas praças da Bandeira, do Barão do Rio Branco, Veiga Cabral, Floriano Peixoto e Nossa Senhora da Conceição.

Ruas do trajeto de blocos receberam força tarefa de agentes de limpeza. Fotos: Gabriel Flores

De acordo com o diretor de Gestão Sustentável de Resíduos da Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur), Carlos Madeira, a limpeza começou no dia 15 de janeiro e culminou com o maior bloco de sujos, A Banda, no dia 13 de fevereiro.

“Foram três etapas de limpeza. Antes, com serviços de capina, roçagem, pintura, remoção de entulho e poda de árvores. Durante A Banda, e depois. Só da Banda foram 16 toneladas de lixo”, disse o diretor.

Carlos Madeira: trabalho dobrado na limpeza do bloco “A Banda”. Foto: Cássia Lima

Além disso, as vias foram lavadas com o auxílio de três carros pipas. Segundo o gestor, o valor da limpeza aumentou este ano 20% porque mais pessoas e equipamentos foram utilizados.

“Este ano foram três caminhões pipas só para a Banda. No ano passado usamos apenas um. Foi um trabalho que ocorreu logo após o bloco”, frisou.

A limpeza continua até segunda-feira, por causa das comemorações dos últimos blocos da zona sul, como o Congosada, que vai acontecer no sábado e domingo.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!