' />

Mulheres que acompanhavam soldado podem ajudar a esclarecer o crime

PM confirmou que policial foi morto com dois tiros. Armamento ainda não foi identificado
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Militar do Amapá confirmou que pelo menos dois tiros atingiram o soldado Amaury do Nascimento Barros, encontrado morto ao lado do carro dele, na zona sul de Macapá, no início da manhã desta segunda-feira (5). A polícia tenta encontrar agora 3 mulheres que saíram com ele de um show, no início da madrugada.

De acordo com a comunicação social da PM, foram dois 2 tiros, um no pescoço e outro na costela.

“O armamento utilizado ainda não foi identificado. Não sabemos se foi a própria pistola do policial. Estamos em diligências e nas próximas horas teremos novidades”, garantiu o capitão Alex Sandro, chefe de comunicação social da PM.

Já se sabe que o policial estava em um show em Macapá, e saiu de lá acompanhado de três mulheres em direção a uma casa noturna.

“Não sabemos se elas têm ligação com o fato. Elas, inclusive, são conhecidas do irmão da vítima. A partir do momento em que encontrarmos elas nós saberemos. Há um lapso temporal entre a saída da festa e o momento em que o corpo foi encontrado”, comentou o capitão Alex Sandro.

Corpo estava ao lado do carro do policial. Foto: Olho de Boto

O corpo do policial foi achado por uma equipe do Batalhão de Força Tática da PM, que estava em patrulhamento na Avenida Maximiliano Serra, no Bairro Novo Buritizal. O corpo estava ao lado do Golf do PM.

“O carro estava estacionado. Não há indicação de que ele tenha sido parado ali”, informou o oficial.

Dentro do carro havia um sapato feminino, que pode ajudar a Polícia Civil nas investigações. As teses, por enquanto, são de homicídio e latrocínio.

O soldado Amaury do Nascimento Barros estava lotado no 1º do BPM. Ele ia completar 7 anos de PM este mês, e era considerado um policial empenhado na função. 

Seles Nafes
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!