Quase 4 anos depois, servidores do Caixa Escolar têm salários regularizados

Vencimentos de três meses no ano de 2014 foram atrasados na gestão do ex-governador
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Os  mais de 3 mil servidores que atuam no Caixa Escolar na Unidade Descentralizada de Execução (UDE) receberam a última parcela pendente pelo Governo do Estado do Amapá (GEA) na quarta-feira (7).

Os meses de outubro, novembro e dezembro de 2014 não foram pagos, durante a gestão do ex-governador Camilo Capiberibe (PSB). As outras parcelas pendentes e as férias, já haviam sido regularizadas ao longo de 2017.

O GEA informou que desde 2015 mantém em dia o pagamento dos trabalhadores da UDE. Segundo o governo, havia o risco de demissão desses servidores por conta de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado pelo ex-governador.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!