Terminal Rodoviário de Macapá será licitado em abril

Espaço abriga, atualmente, 32 boxes, além de 62 barracas nos corredores.
Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Está prevista para o dia 9 de abril, a primeira etapa da licitação que vai escolher a empresa que vai administrar a estrutura do Terminal Rodoviário de Macapá. O espaço abriga, atualmente, 32 boxes, além de 62 barracas nos corredores, de maneira ilegal, não gerando receita, segundo a Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap).

A empresa vencedora do certame terá que fazer um investimento imediato no local de aproximadamente R$ 600 mil, diz a Setrap. Após vencer a disputa, ela poderá explorar comercialmente o terminal em sua totalidade, e isso inclui os boxes  e estacionamento.

Barracas estão espalhadas pelos corredores Foto: André Silva

Este ano, o terminal completa 19 anos de criação, e, em todos esses anos, o espaço não tem gerado receita para o Estado, segundo Andrei Rêgo, diretor de Transportes.  

No início das atividades, no final da década de 1990, foram cedidas licenças para exploração comercial nos boxes, sem nenhum custo aos empresários.

“Hoje, nós temos catalogados mais de 62 invasores na área de circulação. É para essa correção que a gente está trabalhando”, disse Rêgo.

A Setrap busca com a iniciativa, além de revitalizar o local, combater a exploração ilegal de transporte de passageiros, os ‘pirateiros’.

Os envelopes com documentos e propostas das empresas interessadas serão recebidos na primeira sessão, que acontecerá no dia 9 de abril. Para obter o edital, as empresas podem ir até a sede da Setrap, na Rua Tancredo Neves, no bairro São Lázaro, zona norte de Macapá, ou solicitá-lo pelo e-mail cpl@setrap.ap.gov.br.

Atualmente, 92 comunidades são atendidas pelos ônibus que partem do terminal para os 16 municípios do estado.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.