Água da chuva invade ponte em área de ressaca

Moradores temem que água invada suas casas.
Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Moradores de uma área de ponte no Bairro do Muca, zona sul de Macapá, passaram mais de 12 horas com a passarela que dá acesso às casas, de baixo d’água. Eles disseram que o trecho alagou depois das chuvas que caíram durante a semana na capital. Houve gente que desmontou os eletrodomésticos com medo de que a água invadisse as casas.

A passarela fica localizada na Travessa Dois de Moraes. O acesso é pela Avenida Remo Amoras, a principal do Bairro do Muca.

Moradores caminham sobre a água Foto: André Silva

Raimundo Fonseca Barcelar, de 62 anos, mora no local há mais de dez anos. Ele pediu para um dos vizinhos gravar um vídeo mostrando a situação da ponte onde eles moram. Barcelar caminha com dificuldade na passarela submersa na água. (assista ao vídeo) 

 

O risco de contaminação é muito grande, dizem eles, já que no local é possível ver sacolas de lixo submersas.

Durante a madrugada de quarta-feira (11), Barcelar e os quatro filhos não dormiram, com medo de que a casa fosse invadida pela água, contou.

“Por enquanto, não perdemos nada de dentro de casa, mas, deixamos tudo desmonto”, falou o idoso.

Raimundo Barcelar suspendeu eletrodomésticos com medo de invasão da água Foto: André Silva

Até a tarde de sexta-feira (13), a água havia baixado o nível, mas, os moradores dizem temer que, com as próximas chuvas, a água volte a subir.

Desabrigados

A Defesa Civil de Macapá informou que não foi acionada pelos moradores da passarela Dois de Moraes.

Informou também que 9 pessoas encontram-se desabrigadas. Elas são do Bairro Novo Horizonte, na zona norte da cidade. Segundo a instituição, eles encontram-se alojados na escola Eliana Flexa, próximo ao Horto Municipal.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.