Bope apreende drogas, dinheiro e máscara humana

Homem abordado em rodovia na zona norte tentou dar informações falsas à polícia
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Uma abordagem de rotina na noite desta sexta-feira (11) em uma dupla suspeita, que trafegava de moto pelo Bairro Jardim Felicidade 1, na zona norte de Macapá, terminou em apreensão de dinheiro, maconha, crack e cocaína, além de uma máscara muito semelhante ao rosto de um homem.

A droga estava em uma kitnet, localizada na Avenida Tamoios, Bairro do Beirol, na zona sul da capital,onde o piloto da motocicleta morava.

O fato ocorreu por volta das 20h40. Policiais do Bope estavam em patrulhamento, dando apoio à Operação Tiradentes, quando interceptaram uma motocicleta que trafegava às proximidades da Rodovia do Curiaú.

Máscara estava na casa do homem abordado. Fotos: Olho de Boto

No primeiro momento, a dupla não portava nada de ilícito e também não possuíam documentos de identificação. Mas a desconfiança dos militares foi fundamental para o desfecho da ocorrência.

O piloto da motocicleta foi identificado como Adaías Orquisa Pereira do Nascimento, de 31 anos. De acordo com o tenente coronel Matias, comandante do Bope, Adaías Orquisa, estava visivelmente nervoso e tentou enganar a polícia, passando o nome errado. Disse que havia acabado de conhecer o homem que ele transportava na garupa e que estavam a caminho de um motel. A versão não convenceu os militares que, desconfiados, foram até o endereço indicado pelo suspeito. 

Ao chegarem na kitinet onde Adaías Orquisa morava, foram encontrados o documento de identificação do suspeito, quase R$ 2 mil escondidos dentro de um sapato, algumas porções de drogas escondidas numa roupa, além de uma máscara.

Nome falso e suposta ida a motel: Adaías Orquisa guardava em sua residência drogas

O canil do Bope foi acionado e, com auxílio do cão farejador Thimoty, foi possível encontrar mais entorpecentes escondidos dentro de um colchão.

Diante das evidências, Adaías Orquisa Pereira do Nascimento foi preso por posse de substância entorpecente. A motocicleta que ele conduzia foi recolhida ao pátio do Detran por apresentar violação no lacre.
A polícia comprovou que nada havia contra o homem que Adaías transportava e ele foi conduzido como testemunha.

O material apreendido foi: R$ 1, 5 mil em dinheiro; 15 pinos com drogas, sendo 14 de cocaína e 1 de crack triturado; 10 porções de crack; 2 porções de maconha; e 1 máscara.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!