Policiais apreendem notebook de suspeito de pedofilia

Apreensão fez parte de uma cruzada nacional contra a pornografia infantil
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Um notebook foi apreendido pela Polícia Civil do Amapá na operação “Luz da Infância 2”, deflagrada em todo o Brasil nesta quinta-feira (17).

O equipamento estava sendo utilizado em uma empresa possivelmente para baixar arquivos envolvendo pornografia infantil.

“Recebemos um relatório, no qual constatava que uma pessoa estaria utilizando a internet de um estabelecimento comercial para fazer downloads e acessar este tipo de conteúdo. Fomos até lá e fizemos uma vistoria detalhada. Não detectamos a presença nem resquícios de atividades, mas apreendemos um notebook que merece ser periciado”, explicou o delegado Alan Moutinho, do Núcleo de Operações e Inteligência (NOI).

Em todo o país, 2,6 mil policiais civis, sob a coordenação do Ministério da Justiça, cumpriram 578 mandados de busca e apreensão em 24 estados.

No Amapá, não houve prisões. O alvo do mandado de busca foi identificado pela diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

O notebook foi enviado para a Polícia Técnico-Científica do Amapá (Politec). Se for constatado o crime de pedofilia, o usuário poderá ser condenado a penas que variam entre 4 anos e 8 anos de prisão.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.