Seis são presos em operação da Polícia Civil

Entre os presos, está um homem que praticou roubo a mão armada na cidade de São Paulo.
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Civil do Amapá deflagrou nesta quinta-feira (24), a operação “Dura Lex Sed Lex”, que prendeu seis pessoas em Macapá. Comandada pelo Núcleo de Operações de Inteligência (NOI), a ação deu cumprimento a mandados de prisão que estavam em aberto.

Segundo o delegado Alan Moutinho, foi feito um levantamento dos mandados de prisão, inclusive, relacionados a crimes graves, como homicídio e roubo. Na ação, um homem identificado como Eufrásio Caetano Mendes, foi preso por roubo a mão armada na cidade de São Paulo.

“Ele [Eufrásio] praticou roubo a mão armada em São Paulo e foi preso, mas conseguiu ficar em liberdade para responder, e veio para Macapá, e aqui praticava crimes, como furto”, falou Moutinho.

Delegado Alan Moutinho, do NOI Foto: Olho de Boto

Segundo ele, foram presos também Andreia Nunes Bastos, acusada de homicídio; Alan Silva Oliveira e Elizete da Silva Rodrigues, acusados de estelionato; Gabriel Alves Lobato Pinheiro; e José Samuel Souza, que responde por violência doméstica.

“Esse Samuel, inclusive, nós o pegamos na casa da vítima, que deu graças a Deus de termos aparecido. Ele foi preso pela ‘Maria da Penha’ e estava em liberdade e foi se meter na casa da vítima. É drogado, e, parece, que havia sido expulso da casa dos familiares”, disse o delegado.

Andreia Nunes Bastos é acusada de homicídio Foto: Olho de Boto

Elizete da Silva Rodrigues, que está entre os presos, se passava por policial civil e conseguia roubar carros de vítimas, informando haver mandado de apreensão do veículo.

Estelionatária Elizete da Silva Rodrigues está entre os presos Foto: Olho de Boto

A operação, que segue até o cumprimento dos demais mandados, no total, 12, conta com o apoio da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP).

 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!