Prefeito de Ferreira Gomes é denunciado por fraude em licitação

Ação do Ministério Público denuncia também o presidente da CPL, o proprietário e sua empresa.
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O prefeito de Ferreira Gomes, João Álvaro Rocha Rodrigues, o “Divino”, foi denunciado em Ação Civil Pública, por ato de improbidade administrativa. De acordo com o Ministério Público Estadual (MP), autor do processo, a ação é resultado de inquérito civil que investigou ilegalidades no processo licitatório para a contratação dos serviços de limpeza e capina dos logradouros da cidade, no valor global de R$ 39.778,32.

De acordo com a denúncia, a investigação apurou que entre a data da entrega dos convites, 19 de janeiro de 2017, e a contratação da empresa vencedora do certame, 27 de janeiro de 2017, decorreu dez dias, sendo que a empresa vencedora, na data em que recebeu o convite para apresentar sua proposta de preços à prefeitura nem sequer existia, diz o MP.

Conforme o MP, a empresa não possui sede, cujo endereço é o mesmo do seu proprietário, não havendo qualquer estrutura, como computador, mesas, cadeiras, bem como a empresa não possui funcionários registrados.

A ação denuncia também o presidente da Comissão Permanente de Licitação do Município de Ferreira Gomes, o proprietário e sua empresa G. Dos S. Baia-ME.

A reportagem não conseguiu contato com o prefeito.

 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.