Secretário responde dúvidas sobre o Amapá Jovem

Programa tem mais de 6 mil bolsistas em todo o Estado
Compartilhamentos

RODRIGO INDINHO

O Governo do Estado do Amapá, através das secretarias de Estado da Fazenda (Sefaz) e Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv), informou que o pagamento do Programa Amapá Jovem, referente aos meses de março e abril, estará disponível na conta dos beneficiários a partir de 6 de junho de 2018.

O portal SELESNAFES.COM conversou com o secretário extraordinário de Políticas para a Juventude, Pedro Filé, para esclarecer algumas dúvidas dos bolsistas.

Quem terá direito a esse pagamento?

Existem hoje no programa 6.712 bolsistas, referentes a 1ª e 2ª chamada, distribuídos em todo o Estado. Para o bolsista ter direito ao repasse do benefício, ele precisa cumprir uma carga horária de 4 horas de atividades semanais. Sendo assim, todos que durante os meses de março e abril cumpriram atividades e estiveram presentes participando de palestras, cursos e ações estão habilitados.

A comprovação da participação desse bolsista é feita através de frequências que foram geradas nos pólos situados em vários pontos do Estado, e que funcionam dentro de escolas, Corpo de Bombeiros (CBM), Detran, Polícia Militar (PM), Super Fácil e outras instituições parceiras.

Bolsistas devem participar de cursos e atividades promovidas pela Sejuv. Foto: Sejuv

Como os habilitados fazem para receber?

Diante do cadastro, todos os 6.712 bolsistas, estão com contas abertas em banco e tiveram seus cartões bancários para repasse do benefício solicitados. Os cartões já chegaram e estão sendo entregues pelas agências do Banco do Brasil. A distribuição do cartão é feita através de região geográfica, o processo é bem simples. Por exemplo, os bolsistas da zona norte, tem que procurar a agência do Banco do Brasil na zona norte, pegar o cartão, habilitar e fazer o saque.

Já para quem o cartão ainda não chegou ou teve algum outro problema, tipo nome errado, deve seguir o mesmo processo, mas ao chegar na agência se identificar e sacar o dinheiro na “boca do caixa”. Caso alguém tenha algum problema ou pendência nesse sentido, o bolsista pode procurar a Sejuv, que fica no Projeto Minha Gente, onde serão tomadas providências para solucionar o problema. Vale destacar que os beneficiários menores de idade devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis para efetuar a retirada dos cartões.

Quando serão anunciados os beneficiários aptos na terceira chamada?

7 mil jovens foram habilitados e fizeram a entrega de documentos, onde está sendo feita uma análise pela Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), e será mensurado quantos jovens estarão aptos para participar do programa. Terminando esse processo de análise, a Sejuv e Sims irão anunciar os habilitados na 3° chamada e logo após irá abrir um novo prazo para aqueles que foram habilitados na 1°, 2° e 3° chamadas que ainda não entregaram documentos , possam entregar. Existe um número significativo de jovens que foram habilitados pra entregar documentos nas 3 chamadas e por algum motivo, deixaram de procurar uma unidade do Super Fácil Juventude ou da própria Sims. Iremos abrir um novo prazo, para que esse jovem possa entregar sua documentação e ter uma nova oportunidade de inclusão no programa.

Compreendemos que o repasse do benefício é um estímulo para o bolsista estar participando das atividades, mas o principal objetivo do governo do Amapá, é garantir que o Amapá Jovem no seu conceito geral possa garantir qualificação, oportunidade, inclusão e possa enriquecer o Curriculum desse jovem, preparando ele para o mercado de trabalho e agregando valores e conhecimentos, além do engajamento em ações de responsabilidade social e empreendedorismo.

Quando encerram as inscrições para monitores?

Até meia-noite de sábado (2), estarão disponíveis as inscrições para monitor nível l, que vai atuar coordenando as atividades dos pólos. São 456 vagas para todo o Estado, com bolsa remunerada de R$ 400. O candidato precisa ter de 18 a 29 anos, ter habilidades na área que deseja atuar e ser cadastrado no CadUnico e pode se inscrever de forma on-line através do site do governo no link www.processoseletivo.ap.gov.br.

Como são vagas para a capital e interior, a secretaria faz o apelo para que as pessoas de todo o Estado participem inclusive no distrito do Bailique, onde existe 400 bolsistas e as pessoas que queiram ser monitores na localidade possam se inscrever.

Foto de capa: Secom

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!