Advogado que emitia CNHs falsas é preso

Hebson Nobres tem sentença transitada em julgado de 5 anos e 4 meses por participação no esquema de carteiras de motorista
Compartilhamentos

SELES NAFES

O advogado Hebson Wilson Oliveira Nobre, condenado na ação que apurou o esquema de carteiras falsas do Detran, foi preso na manhã desta sexta-feira (20), em um supermercado da cidade. Ele estava sendo procurado havia meses pela Polícia Civil.

A prisão foi confirmada pela Delegacia Geral de Polícia, após trabalho feito pelo Núcleo Operações e Inteligência (NOI). Hebson Nobre foi condenado a 5,4 anos pelo crime de inserção de dados falsos em sistema de informática.

Ele era chefe de gabinete do Detran quando o departamento foi comandado politicamente pelo então deputado federal Antônio Nogueira, atual presidente do PT que também cumpre pena em regime semiaberto. Uma investigação do Ministério Público Federal concluiu que o esquema foi montado para trocar votos por carteiras de habilitação falsas.

Em janeiro deste ano, o Ministério Público do Estado solicitou à Justiça o início do cumprimento da pena transitada em julgado do ex-chefe de gabinete.

“Ele já era considerado foragido, e estávamos realizando buscas. Tivemos algumas dificuldades porque ele as vezes viajava”, informou ao portal SELESNAFES.COM o delegado geral de polícia, Uberlândio Gomes.

O advogado passou por exame de corpo de delito na Polícia Técnico-Científica do Amapá (Politec) e já foi levado para o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen). 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.