Em Macapá, famílias buscam por homens desaparecidos

Em um dos casos, homem deixou eletrodomésticos de casa ligados
Compartilhamentos

RODRIGO INDINHO

Dois homens em Macapá estão desaparecidos, um desde quarta-feira (11) e outro desde domingo (15). Jairo Rodrigues Amaral, de 39 anos, e Venâncio de Jesus Torres Coelho Filho, de 45 anos, saíram e não retornaram para suas residências.

Eletrodomésticos ligados e viagem

Jairo Rodrigues Amaral foi visto pela última vez no dia (11), com uma sacola em mãos e trajando calça jeans clara, camisa branca e sapato preto. Ele deixou os eletrodomésticos ligados e o quarto aberto da casa onde mora, no Bairro Jardim Equatorial, zona sul de Macapá. O homem manteve o último contato com a família ainda na noite do mesmo dia e desapareceu.

“Uma colega de trabalho disse que ele pediu dispensa há quase um mês. Ele teria dito que iria viajar para Barcarena, município do Pará, onde seu pai reside. Por não ter chego ao destino e não ter nos comunicado sobre o pedido de dispensa, é o que nos deixa apreensivos e muito preocupados com sua integridade”, falou o irmão Wendrio Rodrigues, 33 anos.

Jairo Rodrigues teria pedido dispensa do trabalho. Foto: arquivo familiar

Por não ter nenhum tipo de envolvimento com drogas ou passado criminoso, e ser querido pelos vizinhos, familiares registraram boletim de ocorrência e, mesmo preocupados, buscam e acreditam que possa estar tudo bem. Eles pedem se alguém tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Jairo Rodrigues que entre em contato com a polícia (190) ou com os familiares nos números 98125-9666, 99198-9493 ou 98811-1778.

Saída para passeio

Já familiares de Venâncio de Jesus Torres Coelho Filho, de 45 anos, prestaram queixa no Ciosp do pacoval após o seu desaparecimento. Morador do Bairro do Trem, ele havia saído de casa na tarde de domingo (15), e até o momento não retornou.

Segundo a tia do desparecido, Silvana Helena, de 53 anos, Venâncio de Jesus que tem depressão e é esquizofrênico, saiu de casa por volta das 16h de domingo para fazer um passeio rotineiro pela frente da cidade, mas que nunca demorou a retornar.

“Mesmo sendo especial nunca deu problema, sempre foi calmo. O grau dele de agressividade é bem baixo, então não apresenta perigo para a população”, disse a tia Silvana Helena.

Câmera de segurança próxima da orla registrou Venâncio de Jesus

Sem deixar nenhum recado que indicasse seu paradeiro, Venâncio foi visto nas proximidades do Macapá Hotel, na Beira Rio, trajando camisa longa vermelha e calça jeans.

“Depois que foi visto na frente da cidade as 16h50, tivemos informações que ele foi visto para o rumo do Curiaú. Estamos à procura, quem o ver por favor entre em contato conosco, estamos desesperados”, disse a tia Silvana Helena.

Informações que contribuam sobre o paradeiro de Venâncio de Jesus que é bem conhecido pelos vendedores ambulantes na orla, podem ser comunicadas à polícia pelo telefone (190) , ou diretamente aos familiares, pelo número 99164-4685.

Foto de capa: arquivo familiar/colagem

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!