Rede e DEM articulam duas coligações visando eleição de 4 federais

Primeira coligação já foi fechada com seis partidos
Compartilhamentos

SELES NAFES                     

Foi mais um fim de semana de conchavos e articulações de bastidores visando as eleições de 7 de outubro. A Rede Sustentabilidade, do senador Randolfe Rodrigues, fechou acordo com seis partidos para formar a primeira coligação. Uma segunda coligação deverá ser anunciada nos próximos dias.

A primeira perna da coligação que sustentará a candidatura de Davi Alcolumbre (DEM) ao governo do Estado foi sacramentada no último sábado (21) com a Rede, Solidariedade, PRP, Avante, PPL e Podemos. Na próxima sexta-feira (27), um evento marcará oficialmente o lançamento da coligação.

A novidade foi a entrada do Solidariedade, que havia anunciado coligação com o PPS, de Jorge Amanajás, e o PTC, do Pastor Guaracy. Ambos concorrerão ao Senado.

Na segunda perna, deverão estar DEM, PSDB, PP e PSC. A ideia é ter 32 candidatos a deputados federais nas duas coligações.

“Pelas nossas contas, podemos conseguir mais de 80 mil votos, o que seria suficiente para eleger dois deputados federais em cada coligação”, avalia Randolfe Rodrigues.

Assembleia Legislativa

Os planos são ousados para a Assembleia Legislativa. A meta é ocupar 11 das 24 cadeiras do parlamento estadual. A tendência é que a Rede forme ao menos 3 coligações com candidatos a deputados estaduais.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.