Uber aumenta participação no lucro e revolta motoristas

Colaboradores da empresa avaliam como alta a nova taxa cobrada em cima de cada corrida
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Causou insatisfação nos motoristas que trabalham com o aplicativo Uber em Macapá o aumento da taxa de participação da empresa nas corridas. De acordo com a categoria, antes a Uber ficava com 20% do valor pago em cada viagem, e agora fica com 40%.

Um motorista de Uber na capital conversou com o portal SELESNAFES.COM e relatou que o aumento da margem de lucro da empresa em cima dos trabalhadores pode acabar sendo transferida para o bolso do usuário do transporte com uma possível regulamentação.

Com a taxa de 40%, os mais de mil ubers que rodam em Macapá, segundo ele, começam a repensar a atividade e até a abandonar o serviço. Atualmente, alguns desses motoristas têm o transporte por aplicativo como principal fonte de renda. 

“Muitos têm dependência total das corridas. O descontentamento é geral. Infelizmente, não temos política de organização, não tem regulamentação, então é imposta uma taxa muito alta”, desabafou o colaborador, que preferiu não se identificar.

Regulamentação

Em junho deste ano, a Câmara Municipal de Macapá (CMM) rejeitou por 10 votos a 2 um projeto de regulamentação dos transportes por aplicativo na capital. 

O PL, de autoria do vereador Jorielson Nascimento (PR), foi rejeitado, segundo o parlamento municipal, porque o procedimento de regulamentação deve ser conduzido pelo executivo, no caso a prefeitura.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.