Campanha quer incentivar a amamentação como base da vida

Blitz ocorreu no cruzamento da Avenida FAB com a Rua Jovino Dinoá. Foto: Ascom/GEA
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Agosto é o mês mundial do aleitamento materno. Por isto, no Amapá, as ações de incentivo à amamentação nos primeiros meses de vida já começaram. Na quarta-feira, 1, técnicos do Banco de Leite Humano (BLH) fizeram uma blitz educativa, que distribuiu informativos para pedestres e motoristas, no cruzamento da rua Jovino Dinoá com a avenida FAB.

Foi a primeira atividade do Agosto Dourado, que incentiva a amamentação. Este ano, o tema da campanha é ‘Aleitamento Materno: A base da vida’. De acordo com o BLH, que coordena a campanha, serão feitas ações itinerantes durante todo o mês, buscando conscientizar sobre a importância da amamentação exclusiva até aos seis meses de vida.

Segundo a OMS, a amamentação previne contra doenças do bebê

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o aleitamento previne contra doenças respiratórias e outras, como diarreias e infecções. O leite humano, segundo a OMS, ajuda a reduzir o peso mais rapidamente após o parto, ajuda o útero a recuperar o tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto, reduz o risco de diabetes e de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário.

Doações

Para se tornar uma doadora ou receber orientações sobre amamentação, basta a voluntária ir ao BLH, que funciona 24 horas no Hospital da Mulher Mãe Luzia, com o cartão de pré-natal.

Doações ajudam a abastecer o estoque do BLH. Fotos: SelesNafes/Arquivo

A voluntária fará um cadastro e receberá orientações sobre a assepsia da mama e os cuidados com o armazenamento do leite. A doadora pode entregar os recipientes com o leite no próprio Banco de Leite ou requisitar que a equipe de captação busque o alimento materno na residência.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.