PCB lança Joaquina Lino ao Senado

Candidata constrói plataforma de campanha com movimentos sociais
Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

A candidata ao Senado pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), Joaquina Lino, fez o lançamento da sua campanha no fim da tarde desta quinta-feira  (30), na sede do Sindicato dos Urbanitários do Amapá, no Bairro Santa Inês.

Além da militância do partido, esteve presente no evento o candidato à presidência da República Guilherme Boulos (PSOL), apoiado nacionalmente pelos comunistas.

A educadora social Maria Joaquina Lino do Espírito Santo tem 56 anos, é casada, mãe de 8 filhos e funcionária pública.

Joaquina Lino recebeu o presidenciável Guilherme Boulos no lançamento de sua candidatura. Fotos: André Silva

A candidata é a única do partido a ter o nome nas eleições em 2018, ou seja, não  haverá  chapa de candidatos a deputados federal e estadual. No Amapá, o partido não coligou com nenhuma outra legenda e caminha sozinho.

Joaquina Lino disse que colocou seu nome na disputa no intuito de representar a faixa de  pessoas sem nenhuma representatividade no Estado. Está entre suas principais propostas, o enfrentamento a violência domestica e geração  de emprego e renda.

Plenária reuniu representantes de movimentos sociais e partidos de esquerda

“Conhecemos os problemas sociais. Militamos em movimentos sociais há mais de 25 anos. Agora nós precisamos dar continuidade a uma proposta politica que realmente dê visibilidade para nossos problemas”, disse a candidata.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.