Cabeleireiro é encontrado morto dentro de salão

Cena do crime indica que houve luta corporal, segundo a perícia
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

O cabeleireiro Moisés Duarte do Nascimento, de 56 anos, foi encontrado morto na noite deste sábado (1), no banheiro de seu salão de beleza, localizado, na Rua Francisco Cassiano com a Avenida Liberdade, no Bairro Novo Horizonte, zona norte de Macapá.

De acordo com moradores, a vítima tinha o hábito de acordar cedo, abria o salão e molhava as plantas na calçada.

Durante o dia, o salão permaneceu fechado. Anoiteceu e Moisés não apareceu pelo local, fato que chamou a atenção dos vizinhos, que resolveram chamar o proprietário do prédio para abrir o salão. Foi quando localizaram o corpo no banheiro, despido em meio a uma poça de sangue.

Corpo da vítima foi encontrado com perfurações de arma branca. Fotos: Olho de Boto

Segundo informações preliminares da perícia, pelo estado do corpo Moisés foi morto na madrugada de sexta-feira para sábado, por volta das 2h. O cenário do crime aponta que houve luta corporal.

Objetos espalhados pelo salão, manchas de sangue nas paredes e no chão, indicam que a vítima foi morta no salão. Em seguida, foi levada para dentro do banheiro. O corpo apresentava quatro perfurações de arma branca, sendo três na face e uma profunda no pescoço, provavelmente o golpe fatal.

Policiais do 2º Batalhão fizeram várias incursões pela região. No entanto, nenhum suspeito foi preso. O caso segue sob investigação da Delegacia de Homicídios, que esteve no local e já tem uma linha de investigação mas, por enquanto, não será revelada.

Local passou o sábado fechado, o que chamou a atenção dos vizinhos

A suspeita é de crime de latrocínio, que é o roubo que tem como conseqüência a morte da vítima.

A Polícia Civil pede que informações que possam levar ao criminoso à prisão sejam repassadas através do disque denúncia no número 99170-4302. A identidade do informante será mantida em sigilo.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.