Esquema de segurança terá mais de 1 mil policiais na votação do 2º turno

Militares farão, também, a escolta das urnas durante a distribuição nos locais de votação
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Mais de 1 mil policiais militares do Amapá vão fazer a segurança no dia da votação do 2º turno das Eleições 2018, no domingo (28). A Operação Eleições vai iniciar com o policiamento de apoio à cerimônia de carga das urnas eletrônicas.

Conforme o planejamento divulgado pela Polícia Militar do Amapá, os militares farão, também, a escolta das urnas durante a distribuição nos locais de votação, com guarda até o dia da votação.

O trabalho da segurança é para impedir qualquer crime eleitoral, como, boca de urna e comemorações exageradas em pontos de grande movimentação.

Um efetivo do Batalhão de Operações Especiais (Bope) ficará de prontidão, caso haja necessidade do emprego da tropa especializada, segundo a PM.

O Comando Geral da PM informou que, paralelamente, seguirá o serviço rotineiro de rua.

No primeiro turno das eleições, segundo a PM, foram registradas 18 ocorrências, que resultaram na condução de 22 pessoas para a Polícia Federal. A maioria, relacionada à suspeita de compra de votos.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!