Grávida faz vaquinha virtual para salvar bebê cardíaco

Na barriga da mãe há 6 meses, Maria Valentina foi diagnosticada com má formação congênita no coração
Compartilhamentos

RODRIGO INDINHO

Os pais de uma criança que ainda não nasceu decidiram realizar uma vaquinha online para custear o tratamento fora do Amapá. O bebê tem um grave problema cardiológico, e o procedimento precisa ser realizado ainda no período neonatal.

A criança foi diagnosticada com atresia valva tricúspide tipo 1A. O caso é uma má formação congênita no coração. Com o problema, seu sangue não será oxigenado corretamente após o nascimento.

Kátia Priscila: médicos recomendam parto fora do AP. Fotos: Rodrigo Indinho

A mãe é Kátia Priscila, de 25 anos, técnica em enfermagem e grávida de seis meses. Ela conta que, em 27 de setembro, após o diagnóstico, os médicos orientaram pela necessidade de realizar intervenção cirúrgica precocemente e que o parto fosse realizado fora do Amapá, pois o Estado não conta com o serviço de cirurgia cardíaca infantil.

“Trabalho na UTI da maternidade Mãe Luzia, e sabemos das dificuldades que vamos enfrentar. Precisarei viajar com ela na barriga para realizar consultas e exames fora do Estado e, após o nascimento, ela passará por três intervenções cirúrgicas e posteriormente um transplante. Então pedimos a colaboração das pessoas que nos ajudem nesta luta porque tudo o que tiver a nosso alcance iremos fazer”, disse emocionada Kátia Priscila.

Casal luta contra o tempo por vida da filha

Quando soube que precisaria passar pela cirurgia denominada “Blalock Taussig”, Katia e o marido que está desempregado, Wilcles Borges, de 26 anos, fizeram com o apoio da família uma vaquinha online para arrecadar R$ 60 mil e custear o procedimento cirúrgico no Estado de São Paulo. Os pais não perdem as esperanças de ver a filha curada e com saúde.

“Nossa filha corre um grande risco de vida, então nossa família pensou nessa vaquinha, pois não passamos um momento bom. Estou desempregado e o custo do tratamento, além de longo, é alto. Acreditamos na boa vontade das pessoas e em Deus. Se houver 1% de chance, a gente vai lutar pela saúde de nossa filha”, comentou o pai, Wilcles Borges.

Wilcles Borges: cirurgia deve ser em SP

As doações podem ser feitas através da vaquinha online no link http://vaka.me/owlj22 ou através da conta poupança 105786-3, variação 51, agência 0261-5, Banco do Brasil. A família precisa viajar urgentemente e conta com o apoio da população. Mais informações podem ser adquiridas através do número (96) 99172-5679.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!