MP Eleitoral processa 15 candidatos por derrame de santinhos

Ações foram ajuizadas no domingo (7) e serão apreciadas pelo TRE/AP
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP) vai analisar representação contra 15 candidatos denunciados pelo Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) por derramar “santinhos” em ruas próximas a seções eleitorais nos municípios de Macapá, Santana e Pedra Branca do Amapari, no Estado do Amapá. A prática, que é conhecida como “voo da madrugada”, constitui crime eleitoral.

As denúncias foram embasadas na fiscalização feita pelos órgãos durante o dia do primeiro turno das eleições. Durante fiscalização, o MP Eleitoral encontrou material impresso dos candidatos espalhados nas proximidades das escolas Elizabeth Picanço e Almirante Barroso, em Santana, da Escola General Azevedo Costa, em Macapá, e da Escola Maria Helena Cordeiro, em Pedra Branca do Amapari.

Na ação, o órgão pede a condenação, de forma individual aos candidatos, ao pagamento da multa prevista na legislação eleitoral, que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

 

Veja os denunciados:

A deputado estadual:

– Carol Rocha (PPS)

– Leandro Bolsas (Pode)

– Dr. Alberto Negrão (PP)

– Neto Villa Texana (PTC)

– Haroldo Topfiat (PSDB)

– Professor Eulalio Modesto (PD do B)

– Charles Brown (PROS)

– Valda Furacão (PSC)

– Cristina Almeida (PSB)

– Ruy Smith (PSB)

– Dr. Victor Amoras (REDE)

– Bruno Santos (PSD)

 A deputado federal:

– Erison Real (PR)

– Patrícia Ferraz (PR)

– Eduardo Fleury (REDE)

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.