Homem é morto por empresário a tiros dentro de hamburgueria

Ao tentar fugir, o empresário foi interceptado e acabou baleado na perna por um policial à paisana
Compartilhamentos

LEONARDO MELO

Um homem de 37 anos, identificado como Carlos Alexandre, foi morto com vários tiros dentro de uma hamburgueria, na noite desta quinta-feira (15), no Bairro do Trem, área central de Macapá. O autor do crime é o empresário José Hernandes Trindade, de 40 anos, dono de uma distribuidora de gêneros alimentícios.

Quando tentava fugir, José Hernandes Trindade foi baleado em um das pernas Foto: reprodução

Segundo o titular da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Decipe), delegado Welington Ferraz, que se fez presente no local do crime, a vítima caminhava em via pública quando começaram os disparos vindos de Trindade, que estava em uma moto.

Na tentativa de escapar, Carlos Alexandre entrou na lanchonete, porém, foi perseguido pelo empresário, que invadiu o local e disparou várias vezes até descarregar a pistola ponto 40 que portava. A vítima morreu na hora.

Vitima teria sido perseguida na rua e entrou na lanchonete para tentar se salvar Foto: Leonardo Melo

 

Momentos de terror para os clientes que estavam no estabelecimento Foto: Leonardo Melo

“Têm depoimentos de pessoas que ele chegou a trocar o carregador efetuando os disparos”, disse o delegado. 

Após o crime, Trindade tentou fugir na motocicleta pelas ruas do bairro, mas foi impedido por um policial à paisana que estava no local. Houve resistência e, na troca de tiros, o empresário foi baleado e caiu agonizando em via pública.

Delegado Wellington Ferraz: empresário já era investigado por outros homicídios Foto: Leonardo Melo

Ele foi levado ao Hospital de Emergências, onde permanece internado, sem risco de morrer.

A motivação para o crime ainda é desconhecida. Trindade já cumpriu pena pelo mesmo crime no Instituto de Administração Penitenciária (Iapen).

Carlos Alexandre foi executado com vários tiros dentro da lanchonete Foto: Leonardo Melo

 

Corpo foi removido pela perícia Foto: Leonardo Melo

“Ele [Trindade] já vinha sendo investigado por homicídio, mas agora, nesse flagrante, vai responder por mais esse crime”, conclui o delegado Wellington Ferraz.

Foto de capa: Leonardo Melo

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!