Morre o único bebê masculino de trigêmeos que nasceram após drama da mãe

Família diz que vai levar o caso até o Ministério Público do Amapá
Compartilhamentos

RODRIGO INDINHO

O único menino dos trigêmeos que comoveram os amapaenses nas redes sociais morreu após cinco dias do parto. O óbito de Henzo Gabriel foi confirmado na noite de quarta-feira (21) pela família.

A gravidez de risco de Mediane Cardoso Mercês, de 19 anos, foi acompanhada pelo Portal SelesNafes.Com desde o início da internação da gestante no Hospital Mãe Luzia, e teve grande repercussão. Após a mãe aguardar três dias em uma cadeira plástica para dar à luz, as crianças nasceram prematuras.

Dos três bebês, Henzo Gabriel foi o que nasceu maior e com complicações respiratórias. A família informou que o óbito foi em função de uma infecção generalizada.

Bebê Henzo teve 3 paradas cardíacas. Fotos enviadas pela família

Família diz que mãe aguardou por 3 dias em cadeira

“Os trigêmeos passaram apenas dois dias na UTI e foram transferidos para alas diferentes. Durante a madrugada, Henzo teve três paradas cardíacas e a médica não soube me dizer se foi infecção hospitalar ou não. O laudo sairá com três dias. Infelizmente perdemos mais uma vida para a saúde pública”, comentou Rosete dos Santos, tia do pai das crianças.

Por acreditar em negligência, a família solicitará que o MP investigue o caso. O sepultamento da criança acontece ainda nesta quinta-feira (22). As outras duas bebês continuam em observação nas incubadoras da maternidade, que ainda não se manifestou publicamente a respeito do assunto.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!