Mototaxistas legalizados testam aplicativo

Buscando melhorar atendimento, serviço permite avaliação das corridas
Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Uma cooperativa de mototaxistas de Macapá está fazendo testes em um aplicativo de mobilidade urbana. O sistema está ativo desde o início da semana e mais de 100 pessoas já estão usando. Diferente de outros aplicativos que existem no mercado que dispõem do serviço, como o Yet Go, apenas mototaxistas legalizados podem se cadastrar para usar.

Luciano Maciel de Jesus, do conselho fiscal da Cooperativa de Mototaxistas Autônomos de Macapá, destaca que o serviço é tão seguro quanto os outros já disponíveis no mercado. Para assegurar isso, todos os motoqueiros devem estar com a documentação em dia.

Segundo cooperativa, categoria busca melhoria do serviço Foto: Rodrigo Indinho

 

Cerca de 100 pessoas já usam a ferramenta em Macapá

Ele disse também que o aplicativo oferece todas as informações do profissional, como telefone e nome completo do motorista. Reforça ainda  que o sistema oferece também um serviço de avaliação do motoqueiros.

“E o passageiro pode avaliar tudo. Se o capacete está fedorento, se a moto é muito velha ou se o cara foi mal educado com ele, por exemplo. Ele envia essa mensagem para a central e a central impede que você volte a pegar ele de novo e se ele persistir no erro, não trabalha mais para a cooperativa”, afirmou Maciel.

Luciano Maciel de Jesus: motoqueiro passa a ser avaliado Foto: André Silva

 

Estado de capacetes também poderá ser avaliado Foto: Rodrigo Indinho

O conselheiro explicou ainda que diferente dos outros aplicativos que cobram uma taxa por viagem do motoqueiro, nesse, o mototaxista terá de pagar uma taxa mensal.

O aplicativo está disponível e pode ser baixado na loja de aplicativos da Google pelo nome “Coopermoto”.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!