O sonho da formatura se realizou

Mãe e filhas conseguiram doações para formatura e festas de fim de ano
Compartilhamentos

RODRIGO INDINHO

O emocionante abraço, acompanhado de um beijo, concretizou o sonho das jovens irmãs vendedoras de doces e amendoins em participar da formatura na escola.

Na última segunda-feira (17), o portal SelesNafes.com contou a história da autônoma Francy Queiroz, de 40 anos, que se desdobra junto com as filhas, as pequenas Esther Vitória e Dienyfer Darc, de 5 e 8 anos, na venda de guloseimas pelas ruas de Macapá.

Meninas e a mãe, Francy Queiroz, na formatura Fotos: Elivelton Ferreira

Nesta época do ano, além de garantir o sustento, o objetivo principal da família era conseguir materiais e acessórios para que as meninas participassem da formatura e tenham o que vestir e comer nas festas de Natal e Ano Novo.

Apesar da formatura no ensino infantil ser de Esther, a irmã Dienyfer queria acompanhá-la, mas a família não tinha como custear as roupas e acessórios das meninas. Por isso, intensificaram as vendas pela cidade.

Cerimônia no Projeto Minha Gente

A mãe conta que após a veiculação da reportagem várias pessoas de bom coração se sensibilizaram, entraram em contato e ajudaram a família.

Na tarde de quinta-feira (20), as duas meninas e a mãe participaram da formatura de Esther, que aconteceu no Projeto Minha Gente, no Jardim Felicidade II, zona norte de Macapá.

Felicidade da mãe…

 

… e das irmãs

Emocionada, ela faz os agradecimentos.

“Cheguei a pensar que elas não iriam participar, mas não desistimos. Agradeço a Deus por ter colocado em nossas vidas essas pessoas maravilhosas que nos ajudaram doando vestidos, sapatos, brinquedos e várias coisas. Não tem preço ver o sorriso de uma criança, e elas estão muito felizes. Não deixaremos de lutar, muito obrigado mesmo”, emocionou-se Francy Queiroz.

Durante a formatura da Escola Municipal de Educação Infantil AEIOU, a pequena Esther demonstrou gratidão pelas doações que lhe fizeram estar ali.

“Agradeço minha mãe, a cada um que compra nossos bombons e que ligou pra doar as coisas. Sem a ajuda, não estaria aqui. Estou muito feliz em tá participando da formatura com meus coleguinhas e não deixarei de estudar”, empolgou-se Esther Vitória.

Esther: gratidão com quem ajudou

Com um belo sorriso, Dienyfer também fez seus agradecimentos.

“Eu não tinha nada, com a ajuda, consegui acompanhar minha irmã, ganhei até o meu patins. Obrigado, filhos de Deus, por tudo e por favor quando nos verem pelas ruas não nos discriminem pelo que fazemos. A todos que ajudaram, de coração, serei eternamente grata”, disse.

Dienyfer: ganhei até patins

Quem ainda tiver interesse em contribuir com roupas, sapatos, bombons, alimentos, para a ceia de Natal da família e outras coisas, pode entrar em contato com a mãe, Francy Queiroz, pelo telefone (96) 99202-4684.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.