Após discussão em bar 24h, ex-detento é morto a facadas

Vítima teria sido perseguida por homem não identificado que o atacou
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Foi registrado o primeiro homicídio na capital em 2019, na madrugada desta segunda-feira (7). Regian Tavares Pantoja, de 24 anos, foi morto com 9 facadas na esquina da Rua Guanabara com a Avenida Sergipe, no Bairro do Pacoval, na zona norte de Macapá.

O crime ocorreu por volta de meia-noite, após uma discussão em frente a um bar 24h. Quando a polícia chegou ao local, encontrou a vítima caída na calçada de uma panificadora, o Samu foi acionado e confirmou o óbito.

Decipe confirmou que vítima tinha passagem pelo Iapen por tráfico Foto: reprodução

Segundo o delegado Wellington Ferraz, titular da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Pessoa (Decipe), o jovem bebia em meio a várias pessoas quando foi atacado por um homem armado com uma faca.

Regian Pantoja ainda correu,mas foi alcançado pelo criminoso que o esfaqueou várias vezes.

“Em um determinado momento iniciou uma discussão na frente do bar 24h, várias pessoas correram, a vítima também, nessas imediações entre a panificadora e o bar, ele foi atingido e morreu nesse local. Já estamos em busca de câmeras de segurança que tenham flagrado a dinâmica do crime. Vamos trabalhar com calma para fechar esse quebra-cabeça e identificar o autor”, relatou Ferraz.

Delegado Wellington Ferraz (Decipe): câmeras de segurança ajudarão a identificar autor do homicídio Foto: Olho de BotoA motivação para o crime ainda é desconhecida. Regian Pantoja tinha passagem no Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) por tráfico de drogas.

Foto de capa: Olho de Boto

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.