Com UPC reforçada, polícia aumenta rondas no Macapaba

Após escalada de violência, mais de 50 abordagens foram feitas em operação de saturação
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Unidade de Policiamento Comunitário (UPC) que atende os residenciais Macapaba I e II, na zona norte de Macapá, foi reforçada e passa a contar com 25 policiais.

Segundo a PM, as rondas, durante a operação de saturação acontecem 24h, a pé e com viaturas. As ações de segurança encerram na sexta-feira (18). 

Mais PM’s na UPC: pacificação do habitacional Fotos: Philippe Gomes/Secom

Com o aumento, as rondas pelo conjunto passaram a se intensificar após a escalada de violência nos primeiros dias do ano, quando foram registrados homicídios, tráfico de drogas e até um caso de cárcere privado contra uma criança de 12 anos.

Recentemente, uma facção chegou a inscrever em vários muros do habitacional a “ordem” de proibição de roubos.

Rondas em viaturas…

 

E a pé pela comunidade

Desde o começo da semana, foram realizadas 55 abordagens a suspeitos e uma morte foi registrada após intervenção policial. Na terça-feira (15) um suspeito de tráfico de drogas morreu depois de entrar em confronto com a polícia. 

Inscrição em muro do Macapaba a mando de facção Foto: Leonardo Melo

A ação conjunta envolve equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Força Tática, Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) e as unidades 2º,5º,10º e 14º Batalhões de Policiamento Militar (BPM).

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!