Homem é perseguido em residencial por atiradores e executado

Alessandro de Souza Martins ainda tentou se esconder, mas foi alvejado pelos criminosos
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem de 20 anos morreu no início da madrugada desta quarta-feira (9), por volta de meia-noite, após ser atingido com um tiro no ombro, que atravessou para a região do tórax, quando caminhava pela Quadra 05 do Residencial Macapaba, na zona norte de Macapá.

vítima identificada como Alessandro de Souza Martins ainda tentou se abrigar numa vila de casas, para fugir dos atiradores, mas não obteve êxito. Ele foi perseguido e morto pelos criminosos que dispararam várias vezes.

Vítima: passagem por roubo Foto: reprodução

Moradores relataram o barulho de pelo menos quatro tiros e, quando se aproximaram, avistaram dois homens fugindo numa bicicleta.

Quando a PM chegou ao local, Alessandro estava caído na frente de uma residência, já sem os sinais vitais. O óbito foi confirmado por uma equipe do Samu.

Vítima foi morta na frete de uma residência Foto: Olho de Boto

As polícias Militar e Civil fizeram incursões em busca de pistas que pudessem levar os criminosos à prisão , no entanto, ninguém foi identificado.

Conforme informações do titular da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Pessoa (Decipe) Wellington Ferraz, Alessandro de Souza tinha passagem na polícia pelos crimes de roubo e furto, mas, independente disso, nesse caso, ele é vítima e o crime será investigado.

Moradores relataram pelo menos 4 tiros Foto: Olho de Boto

 

Delegado Wellington Ferraz (Decipe): possível acerto de contas Foto: Olho de Boto

A polícia acredita em crime motivado por acerto de contas. A autoria ainda é desconhecida.

“Vamos trabalhar com calma para logo dar uma resposta em relação à autoria dos envolvidos nesse fato”, disse o delegado.

Foto de capa: Olho de Boto

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!