Marinha poderá ter escola no Amapá

Representantes da Marinha do Brasil receberam positivamente proposta feita pelo governador, em encontro no Setentrião
Compartilhamentos

Por DA REDAÇÃO

O governo do Estado iniciou as tratativas para a criação de uma  escola de gestão compartilhada com a Marinha do Brasil. A instituição escolhida para receber o modelo de educação será no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá.

Na segunda-feira (21), em encontro no Palácio do Setentrião, o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), fez a proposta a representantes da Marinha. 

“Enxergamos esse modelo de ensino como uma oportunidade de resgatar a disciplina, a hierarquia, o civismo, o amor e o respeito à Pátria. Um trabalho conjunto que vai despertar nos alunos, metas de vida e a vontade de ingressar no serviço militar, por exemplo”, declarou o comandante do 4º Distrito Naval, vice-almirante Edervaldo Teixeira. 

Representantes da Marinha iniciaram tratativas com o governador sobre a escola Foto: Marcelo Loureiro/Secom

A secretária de Estado da Educação, Goreth Souza, que participou do encontro, informou também que  já há interesse do Estado em firmar parceria, também, com o Exército Brasileiro.

“(…) Estamos trabalhando para ampliar ainda mais o modelo, dando oportunidades de aprendizado diferenciado aos alunos, voltado para a disciplina, organização, respeito. Formando cidadãos com aprendizagem eficiente”, salientou a secretária.

Foto de capa: arquivo SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.