“Preferiram filmar a pedir ajuda”, diz passageiro de barco que teve pane

Embarcação de pequeno porte levava crianças e adultos do Igarapé das Mulheres para ilha paraense
Compartilhamentos

RODRIGO INDINHO

“O povo preferiu pegar o celular para filmar do que nos ajudar”.

Esse é o relato de Izael Oliveira, de 31 anos, um dos ocupantes da embarcação “Sempre com Deus”, de pequeno porte, que ficou à deriva após uma pane no eixo do motor, na tarde desta sexta-feira (4), próximo ao Trapiche Eliezer Levy, na Orla de capital.

A bordo estavam pelo menos 5 adultos e 3 crianças. Ninguém ficou ferido, mas o susto foi grande. O grupo saiu por volta das 13h do porto do Igarapé das Mulheres, localizado no Bairro Perpétuo Socorro, zona leste, com destino a comunidade de Furo dos Botos, ilha pertencente ao Estado do Pará, a 3h de barco de Macapá.

Pane no motor assustou pessoas que viajariam para ilha no Pará Fotos: Rodrigo Indinho

“O eixo ‘escapuliu’ pra trás e o motor ficou funcionando. A lancha não teve como vir pra frente, o motor parou e viemos jogando na maré e ficamos aqui. No momento nenhuma embarcação que passava quis parar pra ajudar, chamamos tanto. Apenas dois filhos de Deus que estavam no trapiche”, disse Rosinete Furtado, de 22 anos, que estava no barco.

CBM prestou apoio para as oito pessoas que estavam a bordo

De acordo com o comerciante Izael Oliveira que também ia para a comunidade, curiosos estavam na margem do rio observando toda a situação. Ele diz, indignado, que ao invés de solicitar ajuda, as pessoas pegaram o celular para filmar o que acontecia.

“Uma negligência muito grande das pessoas não pararem para ajudar, tinham muitas pessoas na orla filmando a desgraça dos outros. Isso não se faz, fica o alerta pra quando se deparar com uma situação dessa que não faça isso, tente ajudar de alguma forma que você pode ser um canal de salvação”, disse abalado com o incidente.

Passageiros reclamam também de negligência de outras embarcações

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Polícia Militar (PM) estiveram no local dando suporte na ocorrência. Após o susto, passageiros e a tripulação saíram ilesos e foram liberados. A embarcação foi rebocada novamente para o porto do Igarapé das Mulheres.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.