Sem condições de segurança, novo aeroporto tem inauguração adiada

Pedido de adiamento foi feito pelas empresas aéreas. A nova data ainda não foi informada pela ISELES nfraero
Compartilhamentos

SELES NAFES

A data era 27 de dezembro, mas a inauguração do novo Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre ficou para o fim de janeiro ou início de fevereiro. O pedido de adiamento foi feito pela Associação das Empresas Aéreas (Abear) e reforçada por membros da bancada federal.

Originalmente, a data de entrega da obra tinha sido fixada pelo consórcio construtor em 29 de março de 2019. No entanto, uma decisão política antecipou a inauguração para 27 de dezembro.

A Abear é formada pelas quatro maiores empresas do setor: Avianca, Gol, Azul e Latam. Em ofício encaminhado ao então ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, a associação deixou claro que a antecipação da inauguração preocupava as empresas aéreas.

“Para que a operação das empresas ocorra satisfatoriamente e nossos passageiros sejam atendidos de forma adequada e segura, alguns itens essenciais necessitam estar entregues”, ponderou o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz.

Entre os itens que não seriam entregues a tempo estão as pontes de embarque (que ligam o terminal às aeronaves), esteiras de bagagens e toda a parte de tecnologia da informação. Como seria o fluxo dos passageiros sem a conclusão do acesso externo ao terminal também era outra dúvida.

“As empresas não têm nada a opor em relação à inauguração oficial (simbólica) (…) contudo, solicitam que as operações permaneçam no terminal antigo, até que o novo esteja completamente concluído e em perfeito funcionamento”, solicitou o presidente da Abear.

Acesso à parte externa do terminal não foi concluído, assim como as pontes de embarque dos aviões. Fotos: André Silva/Arquivo SN

Senador Randolfe Rodrigues: seria inaugurado, mas não poderia ser usado

Presente de aniversário

O senador Randolfe Rodrigues (Rede) reforçou o pedido das empresas, e confirmou ao Portal SN, nesta quarta-feira (2), que a decisão da Infraero foi pelo adiamento. A nova data ainda não foi divulgada.

“As próprias empresas que estavam construindo nos informaram que poderiam fazer apenas uma pré-inauguração no dia 27. Mas íamos inaugurar um aeroporto sem poder usar”, ponderou o senador.

Randolfe Rodrigues sugeriu que a nova data de inauguração seja 4 de fevereiro, dia do aniversário de Macapá.

“A informação não oficial que eu tenho é que a Infraero aceitou, mas ainda não temos essa confirmação”, finalizou o senador.

O Portal SelesNafes.Com ainda não conseguiu contato com a Infraero no Amapá.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!