Em carta, família de Honniery faz desabafo: vivenciamos um crime virtual

Irmão do jovem diz que pais foram julgados e condenados por internautas após a divulgação de um vídeo editado "de forma cruel"
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

A família do técnico em redes de computadores e servidor do Palácio do Setentrião, Honniery Góes, de 33 anos, divulgou uma carta que narra a saudade, momentos de sofrimento e o espanto com a falta de sensibilidade dos internautas que “julgaram e condenaram” os pais do rapaz, que cometeu suicídio. 

Honniery Góes tinha uma filha, e enfrentava problemas com a depressão. No dia 9 de novembro do ano passado, ele foi encontrado morto num dos quartos da residência da mãe dele, no Bairro Santa Rita. De imediato, a polícia descartou a hipótese de homicídio.  

Dias depois, um vídeo compartilhado em massa no WhatsApp mostrava Honniery fazendo um aparente desabafo sobre um suposto relacionamento conturbado com os pais, desde a infância. Nas redes sociais, a mãe e o pai foram massacrados pela opinião de internautas.

A família pediu ao Portal SN para divulgar uma carta. No texto, postado no último dia 9 (três meses após o suicídio), o irmão Heron Góes relembra momentos felizes, como os encontros que ocorriam todas as tardes na casa dos pais, sempre regados a cafezinho e muito bate-papo entre a família.

Corpo foi encontrado no dia 9 de novembro, na casa dos pais. Foto: Rodrigo Indinho/Arquivo SN

Homenagem e desabafo no Facebook. Foto: Reprodução

Heron admite que o irmão estava doente e enfrentava muitos problemas pessoais, mas que ele soube esconder isso para poupar a família.

Sobre o vídeo espalhado nos grupos de WhastApp, o irmão diz que ele foi editado “pela metade de forma cruel, por alguém desprovido de amor a Deus e ao próximo”.

Abaixo, lei a carta na íntegra.

Hoje meu irmão Honniery completa 3 meses de sua partida. Como está sendo difícil viver sem você. Somente agora tive estrutura para escrever algo. Você meu irmão caçula, tão amado, de coração puro. Partiu de uma forma tão trágica, levando com você nossa alegria.

 O suicídio pode acontecer infelizmente em qualquer família e aconteceu na nossa. Você meu irmão estava muito doente, e passando por tantos problemas pessoais, que foi capaz de cometer este ato de extrema aflição. Você soube disfarçar perfeitamente o que estava passando ao ponto de não percebermos sua dor.

 São tantas perguntas, e até hoje não encontramos respostas para uma decisão tão drástica. Você sempre chegava na casa de nossos pais, com aquela alegria contagiante, lembro dos nossos cafés no final da tarde, nossa família toda reunida. Ainda desfrutamos deste momento no dia 08 de novembro, nossa despedida…

Naquele dia trágico, 09 de novembro, não sabemos o que aconteceu realmente horas antes de sua morte. E suas últimas palavras expostas naquele vídeo cortado pela metade de uma forma cruel, por alguém desprovido de amor a Deus e ao próximo.

Lá, você fala de nossos pais. Nem se fosse verdade as barbaridades divulgadas, nossos pais não mereciam passar por tamanha dor. Vivenciamos um crime virtual. Esperamos a Justiça dos homens, mas a de DEUS é o perfeito consolo para a nossa alma.

Meu irmão, você sabia assim como eu e a nossa irmã, que fomos criados com muito amor, dedicação e carinho por nossos pais. Tudo o que foi e é possível eles fazerem por nós, eles fizeram e fazem, porque eles nos amam infinitamente.

Você era o nosso caçula, o nosso “Pitito” carinhosamente chamado. Nossa consciência é tranquila. As doenças psicológicas como a depressão, esquizofrenia e tantas outras podem acometer qualquer um.

Infelizmente, vivemos em uma sociedade hipócrita. Para aqueles que julgaram e condenaram nossos pais, sem saber o que estava acontecendo, desejo DEUS na vida deles.

Porque, além da dor da sua morte, administrar tudo isso não foi fácil, pois o respeito diante do nosso sofrimento foi esquecido por alguns.

Nossa família se entregou às bênçãos de DEUS, porque Ele é maior que tudo. O Senhor é a nossa força, nosso consolo e refúgio. Ele nos faz acreditar que iremos superar todo esse sofrimento.

Agradeço a todos os nossos familiares e amigos todo carinho e solidariedade. A você meu irmão, desejo sua salvação e o descanso eterno.

Fostes um pai exemplar, sua memória jamais será esquecida. E saibas que sempre estaremos presentes na vida de sua princesinha, dando a ela todo amor e carinho. Nosso amor por você é eterno, e a saudade é infinita.

Saiba que você foi e sempre será o nosso anjo, o melhor amigo que tive, fique na PAZ DO SENHOR MEU AMADO IRMÃO.

De sua família que te ama, eternamente!

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!