Em Santana, moradores podem fiscalizar vereadores pela internet

Inovação busca aproximar população das ações do legislativo do 2º município mais populoso do AP
Compartilhamentos

Por DA REDAÇÃO

Nesta terça-feira (26), a Câmara Municipal de Santana fará mais uma sessão para discutir os problemas do segundo município mais populoso do Amapá. Desde a semana passada, a sessões estão sendo transmitidas em tempo real, pelo Facebook.

A iniciativa faz parte de uma parceria entre a produtora e agência de notícias Central de Comunicação com alguns mandatos do parlamento municipal. O objetivo é democratizar as informações do poder legislativo. Para acessar as transmissões ao vivo basta entrar no link: https://www.facebook.com/agenciaassessoria/.

População poderá acompanhar as sessões nas galerias…

Câmara é presidida pela vereador Helena Lima (PRP)

… e nas redes Fotos: divulgação

“Nossa iniciativa é utilizar da tecnologia pontuada pela rede social para garantir participação de pessoas, que por algum motivo, não podem sair de suas casas para acompanhar a Câmara. E a gente sabe que a rede social atualmente é algo de grande utilidade”, pondera o jornalista Fernando Santos, sócio-administrador da Central de Comunicação.

Para o professor e mestre em políticas públicas, Rômulo Vasconcelos, existem dois pesos e duas medidas na relação entre Câmara e comunidade.

“A transmissão pelo Facebook é válida e atinge um público específico. As pessoas passam a ter uma visão da atuação de cada vereador. Mas a presença das pessoas na Câmara garante mais legitimidade, o que significa uma cidadania maior de participação das pessoas. Mas reforço que a iniciativa da transmissão é de grande importância, sim”, enfatiza o docente.

Jornalista Fernando Santos (Central de Comunicação): na rede social, população fica mais perto do parlamento

O vereador Genival Oliveira também acredita na importância das transmissões em vídeo, e lembra que a Câmara de Santana já transmitiu suas sessões por uma emissora de rádio.

“As transmissões já foram transmitidas pela rádio. E agora são pela rede social. Ressalto que qualquer instrumento de ampla divulgação de nossos trabalhos é válido para que a população esteja por dentro de tudo o que há na Casa do Povo”, diz o vereador.

As sessões começam sempre às 19h.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!