Pistoleiro sofre tentativa de homicídio no Iapen

Alemão tinha sido preso horas antes acusado de 4 homicídios. Agressor seria de uma facção rival
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

O pistoleiro Paulo Mateus Machado Magalhães, o “Alemão”, de apenas 22 anos, foi alvo de uma tentativa de homicídio dentro do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), na noite desta sexta-feira (23). O membro de uma facção criminosa rival teria sido o responsável pelas agressões.

O crime ocorreu por volta das 19h50min na cela de triagem, onde os agentes penitenciários ouviram gritos. Ao chegar no local foi necessário disparar um tiro de advertência para o chão com o objetivo de cessar as agressões.

Três internos estavam feridos, entre eles Alemão, o mais grave. A suspeita é de que os outros dois feridos estavam segurando o pistoleiro para que um terceiro desse os golpes com uma faca artesanal (foto de capa).

“O alvo era o Alemão. Ele é um arquivo vivo do crime”, resumiu uma fonte do Iapen.

Os agentes acionaram uma ambulância, mas perceberam que o socorro não chegaria a tempo, então decidiram transportar Alemão para o Hospital de Emergência de Macapá (HE), onde ele passou por cirurgia e continua internado em estado grave. Ele teve perfurações no peito, costas e braços. 

Alemão foi preso nesta sexta-feira (22), e estava numa cela de triagem quando foi agredido. Foto: Polícia Civil/Divulgação

A tentativa de homicídio ocorreu horas depois da prisão de Alemão, acusado de quatro mortes e investigado em outros dois inquéritos por tentativa de homicídio.

A Delegacia de Homicídios de Macapá (Decipe) acredita que Alemão trabalha para uma facção criminosa com o papel de executar desafetos e outras pessoas com a sentença de morte decretada.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!