Amapá e Acre abrem fórum que vai criar 1º Consórcio da Amazônia

Estados farão consórcio para tratar de investimentos conjuntos
Compartilhamentos

Por RODRIGO INDINHO

Com intuito de discutir pautas conjuntas e alternativas de desenvolvimento integrado, chefes dos Estados amazônicos estão em Macapá (AP) para o 17° Fórum de Governadores da Amazônia Legal. O evento iniciou nesta quinta-feira (28) e vai durar dois dias.

Principal foco do fórum, o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável será uma espécie de cooperativa que reunirá os estados em torno de necessidades comuns, como compras coletivas, convênios com o governo federal e até com entidades internacionais. O consórcio será uma autarquia com personalidade jurídica.

Neste primeiro dia, os procuradores estão debruçados sobre o contrato de formatação do consórcio, que será apresentado aos governadores no segundo e último dia. O contrato abrange aspectos sustentável, ambiental, jurídico e econômico, e deverá ser assinado nesta sexta-feira (29), oficializando o início do funcionamento do consórcio.

Governador do Amapá e vice, Jaime Nunes (Pros) na abertura do fórum. Fotos: Rodrigo Indinho

Primeiro dia foi dedicada à Câmara Setorial

Durante a abertura do fórum, estiveram presentes os governadores do Amapá, Waldez Góes, e do Acre, Gladson Camelí (PP). Governadores de outros Estados devem chegar ainda nesta quinta-feira ao Amapá.

“Nós agora decidimos identificar o que une a Amazônia brasileira, criar um instrumento jurídico de unidade desta organização e passar a defender conjuntamente (…) estamos há quase dois anos construindo isso, por isso já temos nove leis estaduais aprovadas e estamos na formatação final do estatuto”, comentou o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), na abertura dos trabalhos.

O governador Gladson Camelí demonstrou preocupação com a segurança pública no Estado do Acre.

“As famílias no Acre estão com medo de sair porque não sabe se vão voltar por causa da criminalidade. Estamos empenhados em melhorias para nosso Estado. O fórum é um momento oportuno para expressarmos essa situação e buscarmos soluções”, disse o governador acreano.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!