Conjunto para receber vítimas de incêndio no Jari será concluído, diz Lucas Barreto

Senador disse que ministro do Desenvolvimento, em visita ao Jari, garantiu que irá se empenhar para liberar os recursos que faltam
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, prometeu concluir o conjunto habitacional projetado para receber famílias afetadas pelo incêndio que destruiu dezenas de casas no município de Laranjal do Jari, cidade a 268 km de Macapá, há cerca de 13 anos.

A informação é do senador Lucas Barreto (PSD), que também acompanhou o ministro em visita ao Vale do Jari, nesta sexta-feira (8).  

Em 2006, um grande incêndio destruiu cerca de 450 imóveis. A construção das casas para receber as pessoas que perderam todos os bens no acidente está paralisada há mais de 10 anos. 

“Falta muito pouco para terminar a obra. Tem dinheiro sobrando na conta, mas há problemas de liberação desses repasses. Então ele ficou de se empenhar para liberar os recursos”, explicou o senador.

450 imóveis foram destruídos, em 2006. Foto: Reprodução

O ministro esteve nas palafitas e áreas de pontes de Laranjal do Jari, acompanhado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), e visitou a obra também paralisada da Ponte do Rio Jari, que ligará o Amapá ao Pará por 406 metros de extensão. A construção da ponte também está paralisada desde 2004.

“Ele se prontificou a mandar uma equipe de engenharia para um diagnóstico sobre a ponte”, informou Lucas.

Ministro visitou várias comunidades no Jari. Fotos: Ascom

Em visita à Câmara de Vereadores de Laranjal do Jari

Visão

Para o senador, a visita foi a oportunidade de um ministro importante visualizar a realidade amazônica numa cidade que já chegou a ter 16 mil funcionários empregados nas empresas da cadeia de produção de celulose, e que agora possuem pouco mais de 2,5 ml trabalhadores.

“Foi a oportunidade de ele conhecer o impacto social e ambiental que uma empresa (Jari Celulose) pode causar numa região depois de tantas crises. Ele conseguiu ver uma outra realidade do Brasil, de um estado amazônico, numa cidade construída em cima de uma área inundável”, observou.

Neste sábado (9), Lucas Barreto acompanhará a agenda em Oiapoque com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que entregará geradores de energia para aldeias indígenas da região norte do Amapá.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!