Servidor público pede ajuda a homem que iria matá-lo

Segundo a polícia, o assassino ajudou a vítima a entrar com a moto em uma área de pontes da Invasão do Zeca Diabo
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

Um servidor público que também trabalhava como mototaxista foi morto a tiros, na noite desta segunda-feira (11), na zona sul de Macapá.

Reginelson Silva Viana, de 37 anos, foi assassinado na Invasão do Zeca Diabo, no Bairro do Araxá, por volta das 20h.

O servidor se aproximava da casa onde morava, na Passagem das Nações, empurrando uma motocicleta quando foi alvejado pelas costas.

Segundo o delegado Wellington Ferraz, da Delegacia Homicídios (Decipe), testemunhas disseram que, momentos antes da morte, Reginelson Silva chegou a pedir ajuda ao autor do crime. O assassino estava parado na frente de uma casa, pronto para agir de forma sorrateira.

“A vítima teria pedido auxílio do suposto criminoso para que ele ajudasse a ajeitar a tábua da passarela para que ele (vítima) passasse com a moto sobre a ponte. Após receber a ajuda, Reginelson seguiu. Nisso, ele foi surpreendido pelo criminoso que disparou várias vezes acertando ao menos três tiros na região das costas”, relatou Ferraz.

Policiais civis e militares levantam informações sobre o crime. Fotos: Olho de Boto

Equipe do Samu constatou o óbito do servidor ainda no local

Reginelson ainda pulou da ponte tentando escapar, porém, já ferido, caiu em meio ao matagal e morreu. Quando o Samu chegou, já não havia mais nada a ser feito.

A polícia tenta agora identificar o autor do crime que conseguiu fugir a pé em direção à Ponte do Farofa.

A motivação para o crime ainda é desconhecida.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.