Agindo a mando de falso PM, adolescente é apreendida

Usando foto de sargento em grupos de compra e venda. criminoso fez pelo menos cinco vítimas
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

No início da tarde desta terça-feira (16), uma adolescente de 15 anos foi apreendida na hora em que iria concretizar um golpe, a mando de um criminoso que finge ser um sargento da PM em grupos de compra e venda na internet. O flagrante foi efetuado por uma equipe do 6º Batalhão no Bairro Perpétuo Socorro, na zona leste de Macapá.

Usando a foto de um sargento da Polícia Militar num perfil falso, o golpista, provavelmente de dentro do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), fez pelo menos cinco vítimas, em apenas dois dias. Entre as pessoas lesadas, está uma major da PM, que anunciava um motor gerador por R$ 8 mil.

Comprovante da transação era golpe: na verdade era um depósito em envelope vazio. Fotos: Olho de Boto

O infrator, através de um aplicativo de mensagens, entrou em contato com a militar e mostrou interesse em comprar o motor. Ela, acreditando estar negociando com um colega, também PM, vendeu o motor
com a promessa que o dinheiro seria depositado em sua conta.

No mesmo dia, o motor foi entregue à outra pessoa que apareceu para receber. Até hoje o dinheiro não apareceu.

Tenente Carlos Morais (6º BPM): sargento que está tendo a imagem usada pelo golpista registrou ocorrência

Outra vítima conta que o golpista entrou em contato, também usando a foto do mesmo PM, e adquiriu um casal de cachorros de raça, avaliados em R$ 3 mil. Ela fechou negócio e só se deu conta que havia sido vítima de um golpe quando o dinheiro não caiu na conta e o golpista sumiu.

De acordo com o tenente Carlos Morais, do 6º BPM, a adolescente declarou que era paga para ir buscar o material.

“[O criminoso] entrava em contato com o vendedor, fazia um depósito falso no caixa eletrônico, emitia só o comprovante e, através desse, o indivíduo entregava o material e perdia seu bem”, disse o tenente.

Uma das vítimas entregou casal de filhotes que seriam vendidos por R$ 3 mil

Morais relatou também que o próprio policial que tem a imagem usada no golpe compareceu à sede do 6º BPM, informou que seu perfil estava sendo usado no crime e fez boletim de ocorrência. 

Recomendações

O policial deixou à população algumas recomendações para quem anuncia nas redes sociais.

“É importante que você não confie quando o indivíduo entrega somente aquele comprovante emitido pelo caixa eletrônico. Aguarde o valor cair na sua conta, cheque se está lá realmente e só então você pode fazer a entrega do seu produto. E se por alguma razão você desconfiar, ligue para o 190 ou vá até a delegacia e preste seu depoimento para que nós possamos fazer o que nós é devido”, recomendou o PM. 

A adolescente foi encaminhada à Delegacia Especializada em Atos Infracionais (Deiai).

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!