Enteado mata padrasto na zona oeste de Macapá

O macapaense Expedito Martins Santos, de 51 anos, morreu a caminho do Hospital de Emergências de Macapá, de onde a Politec fez a remoção do corpo.
Compartilhamentos

Por DA REDAÇÃO

O macapaense Expedito Martins Santos, de 51 anos, morreu a caminho do Hospital de Emergências de Macapá, de onde a Politec fez a remoção do corpo.

As polícias Civil e Militar estão à procura de Moisés Soares Nunes, de 32 anos, natural de Breves (PA). Ele é acusado de assassinar o padrasto, o macapaense Expedito Martins Santos, de 51 anos. O crime ocorreu no bairro Marabaixo 2, na zona oeste de Macapá.

Segundo informações do Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciodes), após uma discussão, Moisés deu uma facada na barriga de Expedito. Em seguida, o acusado fugiu.

Familiares colocaram Expedito em carro e saíram rumo ao Hospital de Emergências. No caminho, encontraram com a equipe do Corpo de Bombeiro e o transferiram para a ambulância. Mas ele não resistiu ao ferimento e morreu a caminho do hospital. A Polícia Técnico-Científica (Politec) fez a remoção do corpo no HE.

Enquanto isso, equipes da Polícia Militar cercavam o bairro Marabaixo e faziam incursões para tentar localizar o enteado.

Ao jogar o nome de Moisés Soares no sistema de informações policiais, a PM descobriu que ele já era procurado pela Justiça do Pará, por crime de tráfico de drogas.

Até o momento desta publicação, Moisés ainda estava foragido.

Foto: Arquivo

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!