Motorista que invadiu hospital não tem habilitação, diz PM

Uma pessoa ficou ferida, sem gravidade
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

O motorista que perdeu o controle de um carro e invadiu a unidade mista de saúde da cidade de Porto Grande, a 105 km de Macapá, não é habilitado, informou a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (29).

De acordo com a PM, uma pessoa ficou ferida no acidente, ocorrido na tarde de domingo (28). Ela estava dentro da unidade e teve apenas escoriações leves. O motorista foi conduzido pela Polícia Militar até a Delegacia de Porto Grande, onde ele alegou que ficou sem freios.

“Ele informou que entrou no estacionamento do hospital para buscar um parente dele, bem devagar. Na hora de frear o carro não parou. (…) E como ele estava no embalado acabou entrando pela frente da unidade. Ele parou nas cadeiras onde as pessoas aguardam o atendimento”, explicou o delegado Bruno Braz, que atendeu a ocorrência. 

A fachada de vidro da unidade, que é administrada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), ficou completamente destruída.

O motorista não apresentava sinal de embriaguez, e se colocou à disposição para passar pelo bafômetro. No entanto, a PM de Porto Grande não possui o equipamento. 

O delegado Bruno Braz lavrou um termo circunstanciado, e autuou o motorista por dirigir sem habilitação. Ele responderá a processo criminal.

O delegado informou que não recebeu a informação sobre a vítima ferida. Isso representaria um indiciamento por lesão corporal.

Carro parou ao bater em cadeiras que foram arrastadas até uma parede. Foto: Polícia Civil

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!