A governadores, Davi diz que novo pacto federativo está vinculado à reforma da previdência

Presidente Jair Bolsonaro e chefes dos executivos estaduais foram recebidos na residência oficial
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

Debater um novo pacto federativo, a reforma da previdência e a agenda dos estados.

Esses foram os temas centrais da reunião nesta quarta-feira (8), em que o presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM) recebeu, na residência oficial, em Brasília, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) e governadores e representantes do executivo estadual de 23 estados e do Distrito Federal.  

Davi e Bolsonaro: agenda por equilíbrio das conas públicas. Fotos: Senado Federal

Além disso, os governadores e o presidente do Senado declararam apoiam à PEC do senador Randolfe (REDE), que torna vitalício oFundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Vinculação

O presidente do Senado explicou também porque está vinculada a reforma ao debate ao novo pacto federativo.

Senador Randolfe Rodrigues: busca de apoio para PEC em defesa do Fundeb

“O problema é que, sem a reforma da previdência, como o Brasil pode ter a capacidade de investimento de 40 a 50 bilhões de reais? Isso não existe para um Estado do tamanho do Brasil, com 5.500 municípios, todos ávidos por recursos para pavimentação, para a construção de escolas, hospitais, enfim, hoje a despesa da União praticamente consome todo o recurso que o Estado brasileiro possa ter para investimento” – explicou.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!