Mototaxista é arrastado por caminhão e morre no HE

Vítima teria tentado desviar de um buraco, segundo testemunhas, e foi atingida pelo veículo
Compartilhamentos

Por MARCO ANTÔNIO P. COSTA

O mototaxista Edmar Damasceno da Silva, de 45 anos, faleceu na tarde desta quinta-feira (16), após acidente ocorrido próximo ao cruzamento da Avenida Treze de Setembro com a Rua Minas Gerais, na divisa dos bairros Cuba de Asfalto e Nova Esperança, zona sul de Macapá.

Segundo testemunhas, o mototaxista tentou desviar de um buraco na via e acabou sendo atropelado por um caminhão. Ele foi encaminhado ao Hospital de Emergências de Macapá, mas acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito. O motorista do caminhão não teria parado para prestar socorro. A vítima foi ajudada por populares.

Vídeo
Circula nas redes sociais, um vídeo do sistema de segurança de um estabelecimento próximo ao local do acidente. O registro mostra o momento em que o mototaxista sai de baixo do caminhão. É possível perceber que a via está bastante molhada, por conta das chuvas que caíram na capital na manhã desta quinta-feira. Assista: 

“A vida dele sempre foi trabalhar, sempre em função de duas filhas que ele criava. Não era uma pessoa de sair pra beber pra dar o melhor às filhas. Se o motorista do caminhão teve parte da culpa, que seja feita justiça. Quem ajudou meu irmão foram as pessoas”, declarou emocionada Maria Ivanilde Damasceno da Silva, de 43 anos, irmã da vítima.

Mototaxista foi socorrido por populares. Motorista do caminhão não ficou no local. Foto: reprodução

Comoção dos colegas
Edmar Damasceno tinha como seu ponto fixo de trabalho justamente o Hospital de Emergências de Macapá, onde há um dos maiores e mais frequentados pontos de mototaxistas da cidade. Todos os seus colegas estavam abalados e preferiram não gravar entrevistas. Porém, falaram do colega com pesar pela perda do companheiro de profissão e do amigo.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!