Peneira do Fluminense dá a grande chance para garotos do Amapá

O jovem Jhon Willian é uma das esperanças de aprovação. Ele sonha em ser jogador profissional para ajudar a família.
Compartilhamentos

Por RODRIGO INDINHO

Vinte e um anos depois do estrondoso sucesso na Copa do Mundo de 98, o hit ‘Uma Partida de Futebol’, da banda mineira Skank, ainda descreve verdadeiramente os desejos de crianças que correm atrás de uma bola pelos campos de várzea no Amapá e Brasil à fora. “Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?”, diz a letra da música.

Este sonho estará mais vivo do nunca para jovens amapaenses no próximo sábado (25), em Macapá. Garotos de 13 a 17 anos de idade terão a chance de entrar para um grande clube brasileiro. Articulada pelo ex-jogador de futebol Aldo, com apoio da Prefeitura de Macapá (PMM) e outros parceiros, a peneira do Fluminense do Rio de Janeiro ocorrerá no mais antigo palco do futebol amapaense, o Estádio Glicério Marques, no Centro da cidade.

Jhon Willian trata com carinho a bola. Fotos: Rodrigo Indinho/SN

Jhon Willian Barbosa de Souza, de 13 anos, é um desses garotos que sonha alto. Confirmado na peneira de sábado, ele está ansioso para mostrar seu talento na busca da aprovação. Ele faz parte da escolinha de futebol do residencial Jardim Açucena, projeto da PMM. O jovem talento é ambidestro e vê na peneira a oportunidade de oferecer um futuro melhor para sua família.

Jhon Willian tem a esperança de dar, como jogador profissional, uma vida melhor para sua família

“Estou muito ansioso para participar, e, se Deus quiser, ser selecionado. Mesmo tendo dificuldades, minha família, principalmente minha mãe, me apoia demais pro meu sonho se realizar. Quero poder dar um futuro melhor para eles, porque, lá em casa, só meu pai que trabalha”, disse, esperançoso, o garoto.

Seletiva técnica ocorrerá no campo do Estádio Glicério Marques, em Macapá

A peneira

A Avaliação Técnica – ‘peneira’ – do clube carioca Fluminense, ocorrerá neste fim de semana, no sábado (25) e domingo (26). A programação ocorrerá das 8h às 17h. No primeiro dia, serão avaliados os adolescentes com idades entre 13 e 15 anos. Já no domingo, será a vez dos jovens com faixa etária entre 16 e 17 anos. O avaliador técnico do Fluminense, Diogo Nunes, será o responsável.

Participarão da peneira: jovens que fazem parte do projeto nos residenciais, denominado ‘Despertando Atletas”, da prefeitura de Macapá; Ypiranga Clube; e do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), por intermédio do Projeto Pirralho.

As inscrições também estão abertas ao público em geral. Foi o que garantiu a coordenadora de Esporte e Lazer, Naldima Flexa. Ela destacou a relevância do evento para os adolescentes com poucos recursos financeiros.

Para a coordenadora de Esporte e Lazer, Naldima Flexa, peneira é chance de ouro para jovens com poucos recursos financeiros

“O Aldo está fazendo inscrições e a Comel [Coordenadoria Municipal de Esporte e Lazer] fará até amanhã [sexta-feira (24)] às 17h. Quem tiver um atleta de interesse e que tenha condições de participar, pode nos procurar. Basta trazer RG, comprovante de residência e documento dos pais. A importância do projeto é justamente essa, geralmente, os pais pagam de R$ 50 a R$ 100 nesse tipo de programação. Mas, nessa parceria, não se paga nada. Então, é uma oportunidade para esses atletas carentes que não tem condições financeiras”, valorizou.

Segundo ela, quem tiver interesse pode procurar a Comel no Estádio Glicério Marques.

Ídolo

A ideia da peneira foi do amapaense Aldo do Espírito Santo, ou simplesmente Aldo, como ficou conhecido no futebol brasileiro. Ex-lateral direito, ele fez história e virou ídolo no Fluminense, com as conquistas do segundo título brasileiro do tricolor das Laranjeiras, em 1984, e do tricampeonato carioca pelo clube.

Aldo, ídolo do Fluminense e articulador da peneira

“Fui atleta do clube e tinha que mostrar para o povo do Amapá que todos nós podemos ser vencedores. Temos muitos garotos bons aqui no Estado. Faltava uma iniciativa. O momento é esse. Então, estou trazendo um avaliador técnico do Fluminense para observar uma faixa de 300 garotos e tirar alguns jogadores para ir para o CT do clube carioca. Espero que vários atletas sejam aprovados”, disse, confiante.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!