Waldez pede a Toffoli urgência na revisão da tabela do SUS

Governador do Amapá e de outras 26 unidades participaram da reunião com o presidente do Supremo
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

Em busca de mais recursos, governadores de todo o país, que cumprem, unidos, extensa agenda em Brasília (DF) desde a quarta-feira (8), tiveram encontro com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli.

Entre as pautas, o governador do Amapá, Waldez Góes, puxou as discussões sobre a atualização da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). Com apoio dos outros chefes de Executivos, ele argumentou que, como a tabela está defasada há 18 anos, os repasses da União aos Estados são insuficientes para atender as demandas locais, consequentemente, as Unidades da Federação são penalizadas com processos e ações judiciais.

Para lidar com a defasagem dos valores pagos nos procedimentos médicos pela União aos Estados e Municípios, o Governo do Amapá vem investindo muitos recursos do Tesouro; na década de 1990, quase 70% dos custos da saúde pública eram financiados pelo governo federal, hoje esse percentual caiu para 30%.

Os governadores também mencionaram a Toffoli a necessidade de correção nos repasses do governo federal, em relação à Saúde.

“Nós estamos cobrando da União e do Congresso Nacional a possibilidade de revisar a tabela do SUS e com isso aumentar os recursos que devem ser destinados aos Estados brasileiros”, evidenciou Góes.

Toffoli assegurou que vai analisar os pleitos.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!