Balanço mostra redução de 8% nos flagrantes de embriaguez no trânsito

As barreiras são montadas na Região Metropolitana, compreendendo Macapá, Mazagão e Santana. Em 2018, foram 5.159 condutores parados. Já nesses cinco meses de 2019, foram 5.554 pessoas.
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

A Operação Lei Seca, coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Amapá, apresentou, nesta segunda-feira (3), balanço mensal que registrou a queda no número de condutores flagrados dirigindo após o consumo de bebida alcoólica, mesmo com o aumento das fiscalizações.

A redução foi de 8% de janeiro a maio, em relação ao mesmo período do ano passado. Este ano, 301 motoristas foram autuados após o teste do etilômetro. Já entre os cinco primeiros meses de 2019, a Operação Lei Seca flagrou 277 pessoas cometendo a infração.

A diminuição foi registrada mesmo tendo a operação abordado mais condutores. Em apenas cinco meses de 2019, o número de pessoas abordadas nas barreiras da Lei Seca já é maior que em todo o ano de 2018. Em 2018, foram 5.159 condutores parados. Já nesses cinco meses de 2019, os agentes abordaram e submeteram ao teste do etilômetro 5.554 pessoas.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, Rondinele Marques, a meta é chegar a 16 mil abordagens da Operação Lei Seca neste ano, com todas as pessoas convidadas a passar pelo teste do etilômetro. As barreiras são montadas na Região Metropolitana, compreendendo Macapá, Mazagão e Santana.

“Quando se aumenta o número de abordagens, o que se espera, naturalmente, é que aumente, também, a quantidade de condutores dirigindo após ingerir bebida alcoólica, mas o que vimos ao longo desses cinco meses foi o contrário, o que mostra que a população está cada vez mais consciente de que não deve misturar álcool e direção, graças a ações educativas como as que os núcleos de educação de trânsito do Amapá”, avaliou o coordenador.

Segundo ele, a as operações não têm um cronograma de agendamento. As barreiras podem ser montadas a qualquer hora do dia, em qualquer ponto estratégico da capital e arredores. Marques informou, ainda, que no período de férias, no mês de julho, as ações serão intensificadas.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!