• drauzio
    Dráuzio Varella confirma participação em fórum sobre câncer no AP
  • federação cancer (5)
    Federação de ONGs quer hospital do câncer em Macapá
  • ong
    ONG leva brinquedos e açaí para crianças do Amapá que lutam pela vida em SP
  • ong-5
    Lucas anuncia R$ 1,3 milhão para crianças em tratamento de câncer fora do AP
  • ' />

    Em fórum contra o câncer, hospital se oferece para atender crianças do Amapá

    Fórum do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer tem a participação da ONG Carlos Daniel
    Compartilhamentos

    Por SELES NAFES

    Mais um hospital especializado em tratamento do câncer em crianças aceitou receber pacientes do Amapá. É o Albert Sebin e Associação Peter Pan, de Fortaleza (CE), onde acontece o Fórum Norte/Nordeste do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer. O presidente da ONG Carlos Daniel, Agenilson Pereira, é o único amapaense no encontro.

    O evento, que termina nesta sexta-feira (28), é promovido pela Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) e Instituto Roda da Vida.

    São mais de 150 organizações de oncologia reunidas em Fortaleza, entre representantes de entidades privadas, profissionais de saúde e governos. No ano passado, no congresso nacional, mais de 30 temas foram discutidos com 3 mil participantes.  

    “O objetivo é discutir a política nacional de prevenção do câncer. Como presidente da ONG fiquei honrado de receber o convite para estar junto com esses líderes voltados para a luta para o direito do acesso ao tratamento”, comentou Agenilson Pereira.

    ONG Carlos Daniel é a única representante do Amapá no encontro. Fotos: Divulgação

    Agenilson com a médica Paola Torres (oncohematologista) e Olga Lúcia Freire Maia, dDiretora da Associação Peter Pan, parceira do Hospital Infantil Albert Sebin

    Um dos objetivos da ONG é captar vagas em hospitais fora do Amapá para atender as crianças com câncer, já que o tratamento no Estado ainda é muito limitado. Um dos hospitais que mais recebem crianças do Amapá é o Santa Marcelina, em São Paulo.

    Contudo, a parceria precisa ser oficializada. Por isso, a aproximação com o Albert Sebin vai precisar também de aval da Secretaria de Saúde do Amapá (Sesa) para se concretizar.  

    Com a oncopediatra Sandra Emília, do Hospital Albert Sebin

    Seles Nafes
    Compartilhamentos
    Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
    error: Conteúdo Protegido!!