Exército busca militar da reserva para gestão de colégio em Oiapoque

Unidade de ensino deverá funcionar a partir de 2020, no Distrito de Clevelândia do Norte
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação (Seed), até 2020 o município de Oiapoque, no norte do Amapá, deverá receber a quarta escola com gestão compartilhada militar no Estado. Dessa vez, a parceria da gestão estadual deverá ocorrer com o Exército Brasileiro. 

O assunto foi tema de encontro nesta quarta-feira (19), entre a secretária de Educação, Goreth Sousa, com o comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva no Amapá, general Luiz Gonzaga Viana Filho. Os gestores informaram que a região que receberá a unidade de ensino é o Distrito de Clevelândia do Norte.

“Temos grande interesse que tenha uma escola em Clevelândia. Estamos buscando um militar da reserva que possa ajudar na gestão da escola em parceria com a Seed”, disse o general.

Secretária de Educação Goreth Sousa e general Luiz Gonzaga Viana Filho. Foto: Erich Macias/Seed

Goreth Sousa enfatizou que as escoas de gestão compartilhada militar são as mais procuradas no período de matrícula escolar, e que o modelo de ensino e gestão já rendeu resultados positivos, com o aumento de 70% da participação dos pais nas escolas e zero por cento de evasão escolar.

Atualmente, o Amapá possui três escolas com gestão compartilhada militar, são elas: Escola Estadual Professor Afonso Arinos de Melo, em Santana; Escola Estadual Antônio Messias Gonçalves Dias e Escola Estadual Risalva Freitas do Amaral, ambas em Macapá.

As escolas Afonso Arinos de Melo e Antônio Messias funcionam em gestão compartilhada com a Polícia Militar, e a Risalva Freitas, em gestão compartilhada com o Corpo de Bombeiros Militar.

Foto de capa: Secom/arquivo

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!