Jovem vereador de oposição pode disputar a prefeitura de Santana

Originário do movimento estudantil, Rarison Santigo é vereador do segundo município mais populoso do Estado
Compartilhamentos

Por FERNANDO SANTOS

O segundo município mais populoso do Amapá, Santana, a 17km da capital Macapá, pode ter mais um jovem prefeito, originário do movimento estudantil. Rarison Santigo (PR), que atualmente detém uma cadeira no parlamento mirim, vem travando oposição ao prefeito Ofirney Sadala (PHS) e, evidentemente, busca voos mais altos.

Pretensão

As pretensões de Rarison de, supostamente, se candidatar ao cargo de prefeito já são evidentes. Na Câmara Municipal, as críticas em direção a Ofirney Sadala têm sido cada vez mais fortes. O jovem parlamentar denuncia falta de estrutura de escolas, na saúde e, ultimamente, tem denunciado o descaso com as ruas da cidade. Nas sessões, Rarison tem, também, apontado as soluções para os problemas.

Desafio

Apesar da forte oposição, ninguém pode prever a eleição em 2020. Tudo vai depender de uma boa engrenagem que envolve o grupo da deputada federal Aline Gurgel, ao qual Rarison Santiago pertence. Além disso, o jovem vereador terá que convencer aliados e maior parte da população de que ele seria uma alternativa, diante dos problemas vividos em Santana.

Movimento Estudantil

Em uma possível eleição, Rarison seria mais um a vir do movimento estudantil, assim como Antonio Nogueira (PT), que governou Santana por oito anos.

Foto de capa: Fernando Santos

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!