Operação cumpre mandado na casa do presidente da Caesa

Operação do Ministério Público cumpre 9 mandados de busca e apreensão
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

O presidente da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), advogado Valdinei Amanajás, foi um dos alvos do cumprimento de mandados de busca e apreensão em operação do Ministério Público do Estado deflagrada na manhã desta sexta-feira (14).

Ainda há poucas informações a respeito do assunto. O MP também não se pronunciou oficialmente a respeito da operação, mas o Portal SelesNafes.Com conseguiu apurar que o objetivo é investigar contratos da companhia com empresas prestadoras de serviço que realizaram obras em Macapá e em vários municípios.

A Polícia Militar do Amapá dá apoio ao cumprimento de 9 mandados. Não há ordens de prisão preventiva. Um dos mandados foi cumprido no escritório central da Caesa, na Avenida Ernestino Borges, no Centro, e outro na residência do presidente da estatal.

A operação é coordenada pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), sob o comando do promotor Afonso Guimarães, e ainda não teria um nome.

PM dá apoio à operação…

… e salas foram isoladas. Fotos: Olho de Boto

O Portal SN conversou com um diretor da Caesa, que não soube dar maiores detalhes.

Até às 9h a operação continuava em andamento, e o expediente na Caesa é parcial. Algumas salas onde ocorrem as buscas estão isoladas pela PM e o presidente Valdinei Amanajás acompanha o cumprimento dos mandados. 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!