Após ter o celular atacado, Davi anuncia comissão mista para investigar fake news

Grupo preso pela PF também tentado invadir o telefone do presidente do Senado
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foi informado pela Polícia Federal que teve o celular atacado por hackers. A informação foi divulgada pelo próprio senador, nesta quinta-feira (25), depois de retornar da Festa de São Tiago, em Mazagão. 

De acordo com ele, teria ocorrido uma tentativa de invasão. Apesar de afirmar que não tem nada a esconder, Davi fez questão manifestar indignação com o que chamou de “invasão de minha privacidade”.

“(…) Não posso deixar de reafirmar minha repulsa às atividades desses criminosos virtuais, pois elas também representam uma afronta aos Poderes da República e à população brasileira”.

O presidente do Senado ressaltou ainda que o grupo preso pela PF age movido por interesses desconhecidos com várias consequências.

“A ação indevida dos hackers leva ainda à produção de fake news, que só servem para gerar a confusão de informações e a manipulação da opinião pública. Combater este crime não é dever só da polícia, o legislador também deve colaborar com soluções e leis mais transparentes para o bem de todos”.

Ele confirmou que uma comissão parlamentar mista irá investigar notícias falsas envolvendo congressistas.

“Queremos ouvir os especialistas, as autoridades e os representantes das organizações civis em busca de uma resposta efetiva para impedir esse tipo de crime e promover a correta informação da sociedade”.

Foto de capa: Arquivo/SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!