Filha convence a mãe traficante a revelar onde escondia drogas

Lourdes Neves, de 41 anos, alegou que voltou a vender drogas para se recuperar do prejuízo de um furto em sua residência
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

Policiais civis de Porto Grande, município a 105 km de Macapá, prenderam uma mulher acusada de tráfico de drogas na manhã deste sábado (6). Durante as buscas na casa, a filha convenceu a mãe a revelar aos policiais onde as pedras de crack estavam escondidas.

Os agentes, que tiveram apoio do Canil da Polícia Civil do Amapá, tinham um mandado de busca e apreensão para cumprir na casa de Lourdes Oliveira Neves, de 41 anos, no bairro conhecido como “Área 6”.

Durante a checagem da casa, a filha dela, uma jovem de 18 anos, começou a argumentar com a mãe que era melhor ela entregar as drogas e acabar com aquela situação.

Lourdes já teve passagem por tráfico de drogas, mas tinha parado de comercializar.

“Ela afirmou que tinha parado, e que só voltou a vender depois que furtaram na casa dela. Ela alegou que precisava comprar de novo os objetos que foram levados pelos ladrões”, explicou o delegado Bruno Braz, da DP de Porto Grande.

Cão farejador do Canil da Polícia Civil: Uma das pedras estava enterrada. Fotos: PC/Porto Grande

Durante as buscas, filha convenceu a mãe

Equipe cumpriu mandado de busca na Área 6

Lourdes foi presa em flagrante, e será encaminhada para a justiça, que poderá ou não realizar a audiência de custódia por conta da reincidência.

No total, foram apreendidas 118 porções e 3 pedras de crack. Elas estava escondidas em pontos diferentes da casa, incluindo o quintal.

118 porções e 3 pedras foram apreendidas

Apesar de ser uma cidade pequena, Porto Grande já tem sérios problemas com o consumo de drogas. Não existem grandes traficantes no município, mas há muitos traficantes de pequeno porte.

São tantos pontos de venda, que uma das ruas ganhou o apelido de “cracolândia”, e não é porque existam pessoas morando na rua para consumir drogas. 

“Nessa rua, a cada duas casas, uma vende drogas”, explica o delegado. Preocupante.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!